Tipos de cactos: O que você precisa saber

Tipos de cactos: O que você precisa saber

Sim, existem mais de 176 gêneros e 2.275 tipos de cactos! Provavelmente você já viu diversos tipos de cactos, sejam os grandes como os encontrados no deserto, ou até os pequenininhos que ficam na sua secretária. No entanto, essa beleza exótica pode ser um pouco difícil de entender, afinal, cuidar dessas plantinhas costuma deixar dúvidas.

Mas antes de cuidar dessas plantinhas, é necessário saber como elas são e quais são os tipos de plantas que existem. Dessa forma, é possível que você consiga adequar os cuidados do seu cacto às necessidades que ele realmente tem.

Se você é um curioso, assim como eu, continue a leitura! Confira agora os diferentes tipos de cactos que existem e conheça mais sobre essa planta linda que existe em diversos lugares do Brasil.

Anúncio

Cacto dedal é um dos tipos de cactos mais dóceis

Com certeza você já teve vontade de cutucar um cacto. Afinal, quem nunca teve a curiosidade de passar as mãos em cima dos seus lindos espinhos? Bem, podemos te dizer que essa sua vontade está mais próxima do que nunca.

Esse é o cacto dedal, um dos tipos de cactos menos perigosos. Não que os outros cactos sejam perigosos, no entanto, eles costumam ser mais pontiagudos e machucar mais facilmente. Este, por sua vez, tem os seus espinhos mais sedosos e permite que esteja perto de seus bichinhos de estimação.

Os cactos dedais são super fáceis de cultivar e, além disso, contam com diversos tipos de florzinha diferentes ao longo de sua vida. Isto pode cair muito bem na decoração da sala de estar, pois o cacto é uma excelente opção!

Cacto Zebra, esse aqui ama o escuro

Se você quer ter um cacto, mas tem um ambiente bastante escuro e desprovido de luz natural, não se preocupe! A espécie certa para você é o cacto zebra, que não exige demasiada luz solar para sobreviver.

Esse cacto cresce de uma forma mediana, é essencial que você deixe um espaço para que ele possa crescer. Assim como as outras plantas, o cacto também necessita de cuidados, ou seja, de água de vez em quando e não se esqueça de ter sempre um “olhinho” em cima dele!

Tipos de cacto
O cacto zebra é daqueles que amam o escuro da noite!

Cacto de amendoim, um dos tipos de cactos mais inesperados

Não, o cacto de amendoim não dá amendoins durante o dia ou a noite, no entanto, ele é bastante interessante por ser uma espécie da qual você não sabe o que esperar. Ele tanto pode ficar pequeno, como deveria ser, quanto pode ficar grande.

O ideal é que se você quer ter um cacto de amendoim, coloque-o em um vaso grande para que ele possa crescer livremente. Esse tipo de espécie pode ou não crescer bastante, portanto, é importante estar atento a essa situação e sempre dar espaço para que ele siga a sua natureza.

Cacto orelha de coelho, um espírito de Páscoa

Que tal substituir o ovo da Páscoa pelo cacto orelha de coelho? Brincadeiras à parte, esse tipo de carta é realmente uma fofura para colocar em sua decoração. Esse cacto costuma ser pequenininho e estar em abundância nas plantações.

Ele é originário do México e pode ser achado em diversos lugares para que você coloque em seu escritório ou até na sua sala de estar. Quem sabe? Não deixe de adaptar esse tipo de cacto dentro da sua decoração para ter um aspecto mais minimalista e fofinho.

Cacto orquídea está entre os tipos de cacto mais femininos

Orquídeas são lindas rochas e sensacionais para qualquer pessoa que ama flores, mas imagina a junção da orquídea com o cacto? Parece maravilhosa, não é? Saiba que o cacto orquídea está entre os mais famosos para as mulheres.

Normalmente, as pessoas que têm cactos, gostam de ter essa planta pela facilidade em cuidar e não precisar regar regularmente. No entanto, com o cacto orquídea, a regra pode mudar um pouquinho, afinal, é necessário regar as suas flores regularmente. Mas nada que um pouco de paciência e carinho não resolva, não é?

 

Orquídea
Um cacto extremamente elegante que condiz com todo o ambiente!

Dicas essenciais para cuidar melhor dos seus cactos

Sim, existem diferentes tipos de cactos, no entanto, as dicas para cuidar melhor deles aqui são universais. Para finalizar esse artigo, separei algumas dicas essenciais para que você entenda melhor como deve cuidar da sua planta.

Ao contrário do que muitos pensam, os cactos são originários de lugares cheios de chuva. Mas não se engane, eles não precisam de muita rega. Acontece que, apesar dos lugares serem cheios de chuva, a chuva é de difícil acesso a essas plantas. Ou seja, não é bem espalhada em seu habitat natural. Aprender sobre cactos é essencial para ter um!

Portanto, quando você for regar o seu cacto, deverá ter cuidado. Siga algumas dicas para que a rega seja mais fácil e para que você entenda melhor como cuidar dele:

  • Você nunca deve molhar o seu carto e sempre a Terra em que ele está plantado;
  • Cuidado com o intervalo de uma rega e outra. Você não deve regar sempre só de vez em quando;
  • Você apenas pode regar o seu cacto quando a terra estiver seca. Uma dica boa é colocar o dedo e ver se o dedo sai sujo. Se ele sair limpo, pode regar, se ele sair sujo, espere mais um pouco.
  • A maioria dos cactos pode ser expostos ao sol. No entanto, quanto mais longe o seu vaso estiver do Sol, mais demora para você precisar regar.
  • Não se esqueça de regar os seus cactos com o pulverizador em modo jato. Assim será mais bem distribuída a água.

Mas e então, o que achou sobre todos os cactos que apresentamos aqui? Comente e compartilhe esse artigo para que todos saibam o que você acha de cactos. Se você gosta de cuidar de plantas, veja este artigo à cerca de cuidados!

Francisco Nunes

Para quem gosta de informação, seja bem-vindo ou bem-vinda a minha sessão de artigos para o portal Tele Notícias, como o nome do site já diz. Nesse site você encontrará notícias e dicas sobre benefícios sociais e muito mais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *